Tolerância zero para o crime em Jaraguá do Sul

Fotografia: 12º CRPM/divulgação

Na tarde da última quarta-feira (28), o comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar (14º BPM), tenente-coronel Valdeci Oliveira da Silva, palestrou para membros da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Jaraguá do Sul, durante plenária ocorrida no Clube Atlético Baependi.

Com o tema “Segurança no Comércio: prevenção ao crime por meio de um ambiente seguro”, o comandante falou sobre a prevenção, principalmente relativo ao ambiente, seja na vida privada ou profissional de cada pessoa.

“Devemos trabalhar continuamente para manter um ambiente desfavorável para o crime” – Tenente-coronel Valdeci

A fórmula da segurança

Segundo Valdeci, quando se fala em segurança, 90% está na prevenção, 5% está na reação e 5% na sorte. Ou seja, manter uma conduta preventiva é, sem dúvida, a melhor maneira de evitar que a pessoa seja vítima de algum crime.

Nesse sentido, ressalta, se alguém estiver mal intencionado, mas verificar que a vítima (pessoa, comércio, residência) está “difícil”, com barreiras de segurança, no caso de imóveis, atenta, se for uma pessoa, as chances de o criminoso desistir e procurar outro alvo é maior. “O criminoso sempre busca o que está mais fácil”, conclui.

Assim, foram elencados vários exemplos de como se prevenir e manter um ambiente adequando, passando pela organização, limpeza, desenho urbano, dentre outros.

Tolerância zero

Ao final, Valdeci apresentou as estatísticas de atuação do policiamento realizado pelo 14º BPM, em Jaraguá do Sul, do dia 1º de janeiro ao dia 27 de setembro deste ano, focando desde o atendimento realizado pelo 190 até o número de apreensões, prisões e atendimento ao cidadão quando este aciona o número de emergência.

“Aqui a tolerância é zero, e se for abordado qualquer cidadão com um pedacinho de cigarro de maconha, será feito o Termo Circunstanciado. Aqui a gente não deixa crescer.” – Tenente-coronel Valdeci

Ainda, o comandante enfatizou que no 14º Batalhão já foram cumpridos, somente em 2022, 30 armas apreendidas, 125 mandados de prisão cumpridos e aproximadamente 200 quilos de drogas apreendidos.

A atuação forte e responsável por parte dos policiais, para Valdeci, é um dos fatores que faz com que a criminalidade não cresça e a comunidade permaneça com um nível aceitável de tranquilidade.

Tenente-coronel Valdeci fala sobre as estatísticas 2022.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s