SM Carrion Cruz: liderança e inspiração

No dia 27 de janeiro de 2022, a Escola de Aperfeiçoamento de Sargento das Armas (EASA) do Exército Brasileiro (EB), sediada em Cruz Alta-RS, realizou, como de costume, solenidade de apresentação de novos integrantes e despedida de outros.

Despedida

Na oportunidade, o Sargento Maior do Exército dos Estados Unidos da América, Julio Miguel Carrion Cruz, por ter terminado o programa de intercâmbio entre nações amigas, finalizou e despediu-se da Casa do Adjunto.

Fotografia: solenidade de despedida | divulgação EASA

Inspiração de Nação Amiga

A notícia lida no Instagram da EASA fez-me recordar de excepcionais momentos por lá vividos em 2020, em especial, nessa caso, com o nobre, se posso dizer, amigo norte-americano, que me fez pensar sobre vários aspectos humanos e também militares.

Resumo em uma palavra o resultado que surgiu com esse personagem, de sotaque e carisma inconfundíveis: inspiração.

Dias de aprendizado

Certo dia, o Sargento Maior Carrion Cruz, levou-nos, eu e mais três colegas, em uma “missão de reconhecimento”. Mostrou-nos pontos turísticos de Cruz Alta, narrando conhecimento sobre importantes momentos da história daquela cidade. Muitos deles, posso apostar, que nativos daquela terra não possuíam em suas mentes.

Durante o passeio, contou-nos um pouco de sua experiência militar, inclusive momentos delicados pelos quais passou na guerra.

Já no almoço, fez questão de custear aos seus convidados de passeio. – Nós é quem deveríamos ter feito a gentileza! Mas ele fez questão!

À tarde, com toda humildade, levou-nos para o apartamento em que estava morando. E aí vieram várias surpresas.

Valorização da história, das pessoas

Na mesinha de centro da sala, alguns livros de literatura brasileira. Para ele era imperioso imergir na cultura desta pátria amada. Outros livros em outras línguas também compunham aquele pequeno e belo cenário. – Verdadeiramente, um exemplo a ser seguido.

Em cada parede de seu apartamento, uma lembrança, uma história de onde já serviu. – Foi lá que ressignifiquei a importância de se valorizar a caminhada, com simplicidade, mostrando recortes de nossa jornada.

Um colega, ao perguntar algo sobre uma revista militar, recebeu como resposta “é sua, pode levar”, e isso aconteceu com outros pequenos pertences seus, que sem pensar duas vezes, brindava a seus convidados.

Isso sem falar na aula que deu sobre as funções de Adjunto de Comando, a importância, a jornada e toda uma série de incontáveis informações e orientações.

Não estou supervalorizando a experiência, na verdade queria é contar muito mais, pois esse foi apenas um breve esboço.

Nem citei aqui, por exemplo, uma tarde em que ele ficou por quase duas horas/aula ao meu lado falando sobre a matéria e, principalmente, suas experiências como Sargento Maior.

Continência e abraço

Se’u estivesse nessa solenidade de despedida, certamente como militar eu prestaria uma honrosa continência, depois faria questão de dar-lhe um abraço de despedida, pois durante o pouco tempo que tivemos contato, mostrou um coração enorme, e uma simplicidade como a poucos vi.

Carrion, retorne para sua pátria, para a sua família, com a certeza de que aqui deixou amigos e admiradores.

Sucesso em sua nova missão!

Fotografia: Sargento Maior Carrion Cruz e Subtenente Wiltner | arquivo pessoal

Fotografia de capa: solenidade de despedida | divulgação EASA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s