A Nova Vida Pós-pandêmica

A sociedade que conhecemos, após o fim da pandemia causada pelo Covid-19, não existirá mais.

Sempre pensamos que uma nova era iniciaria após uma terceira guerra mundial; uma descoberta tecnológica que revolucionasse a humanidade; uma adversidade natural, como o superaquecimento de nosso planeta, por exemplo; ou, ainda, algo verdadeiramente positivo que elevasse a vida para um patamar de modernidade e evolução.

Entretanto, tudo mudou devido ao vírus Covid-19, que passou uma rasteira e derrubou a sociedade que lindamente caminhava com seu salto alto. Esse vírus fez a sociedade cair e força a humanidade cruelmente rumar para uma nova era, a Nova Vida Pós-pandêmica (New Post-Pandemic Life).

Nova Vida Pós-pandêmica

Um vírus fez com que a humanidade encarasse a pior face: isolamento, fome, desemprego, morte…

Mostrou que não há territórios que estejam imunes, não há povos, brancos, negros, pardos, que não sejam acometidos, não há bandeiras que não sejam tocadas pelo luto dos seus. PhDs ou analfabetos; ricos, pobres, miseráveis; homens, mulheres, alternativos, crianças, adultos, idosos.

O Covid-19 ataca a todos sem piedade, obrigando governos a tomarem medidas jamais vistas tão intensamente por todas as pessoas, interconectadas pela internet, sendo atualizadas a cada segundo sobre a evolução da doença e a quantidade de mortes.

Um vírus atacando a todos em todos os os lugares, uma pandemia (do grego παν [pan = tudo/ todo(s)] + δήμος [demos = povo]).

Sim, uma pandemia em pleno século XXI, no auge da era digital, da ciência e seu desenvolvimento tecnológico, da pesquisa. Um vírus que mata milhares de pessoas, mostrando que a soberba humana não salva todas as vidas, que os países, por mais desenvolvidos que sejam, são incapazes de curar, de salvar.

Esse choque de realidade e de vulnerabilidade, somados às  várias determinações legais dos governos, faz surgir um novo olhar e uma nova vida, que ficarão registrados na história, conhecidos e estudados pelas próximas gerações.

Sim, estamos vivenciando o pleno ritual de passagem e a grande maioria das pessoas não se dá conta disso. Após a crise, seremos outros, enquanto pessoas, organizações, instituições, governos, relações interpessoais, valores, crenças…

Uma nova era se ergue no horizonte, não ornada pela brisa do mar, pelo aprazível som das ondas tocando a areia da praia, mas pelos gemidos de dor, pelas máquinas que sustentam a respiração humana, pelas lágrimas daqueles que perderam seus entes.

Mas diante dessa tristeza global, a humanidade é obrigada a se adaptar e a se reinventar, explorando novos caminhos, erguendo seus olhos para novas oportunidades, fazendo aquilo que faz há milênios: sobreviver.

Essa sobrevivência talha marcas que deixarão cicatrizes, que inspirarão e motivarão nestes tempos de luto e de lutas.

A Nova Vida Pós-pandêmica já deixa pequenas amostras de como será, em várias áreas que tangem a vida, individual e social.

Vamos, aos poucos, tecendo reflexões sobre essas pistas, buscando seguir as migalhas, jogadas a nós, pelas mãos trêmulas da incerteza.

Na próxima postagem, começaremos com uma área que sem dúvida sofrerá uma enorme transformação: a Educação e o caminho sem volta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s