Escola: ceifar ou estimular a criatividade no Dia das Bruxas?

O Dia das Bruxas deste ano já passou, e com ele, como sempre, uma guerra de opiniões.

Há aqueles que considerem um dia satânico, condenando qualquer manifestação; outros, visualizam e aproveitam o dia para brincar com a família, vizinhos, colegas de trabalho, decorando o ambiente ou usando maquiagem.

Nas escolas as opiniões também são divididas. Muitos condenam sem nunca ter lido a respeito, outros gostam pelo simples fato de se fantasiar ou de se maquiar. Vamos, pois, brevemente confrontar esse universo de opiniões e o resultado.

Em uma escola, testemunhei o diretor dizer para os alunos que foram com o rosto maquiado, que era para se lavarem e tirar a maquiagem, pois a escola não apoiava esse dia. O pior ainda foi ouvi-lo dizer que não tiveram tempo de avisar antes, considerando que estavam ocupados com outras atividades da escola.

Mais “aterrorizante” que as pinturas feitas nos rostos de alguns alunos, foi ver a cara de frustração daquelas crianças. Elas que encontraram uma inspiração para levantar antes e se maquiar, ou então almoçar e encontrar tempo para se olhar no espelho e traçar linhas e sombras.

A escola, literalmente, mandou os alunos lavarem a criatividade, jogando-a no ralo.

Ouvi relatos que em outra unidade de ensino fora colocado uma bíblia aberta em cima da mesa dos professores, como que para exorcizar qualquer pensamento que brotasse nos docentes.

Por outro lado, em outra escola, vista por fotografias em redes sociais, era possível ver um cenário totalmente diferente, com sala de aula decorada, crianças fantasiadas e maquiadas e, sobretudo, sorrindo.

dia bruxas 1

A criatividade e o estímulo à pluralidade de pensamentos, sem apologia a qualquer tipo de maldade, mas simplesmente pelo lado lúdico do dia.

A escola é um ambiente em que se deve discutir os mais variados temas, dentre eles o Dia das Bruxas. Vejamos, pois, algumas das áreas possíveis de reflexão:

  1. História: qual a origem, versões apresentadas;
  2. Língua Portuguesa: quantas histórias poderiam ser  inventadas pelos alunos;
  3. Arte: maquiagem, desenhos, teatro, música…;
  4. Outros prismas: segurança e comportamento para aqueles que brincarem de pedir doces; na atualidade, como brincar de Dia das Bruxas sem desrespeitar aqueles que não gostam desse dia; como agir quando alguém for estúpido ou quando se negar a dar um doce, qualquer que seja…

Ou seja, é um mundo de oportunidades para exercitar a criatividade e o pensamento dos alunos, sem estimular a violência ou qualquer visão voltada para o mal. 

Nesse dia em específico, pergunto eu: “Qual escola cumpriu com primazia o seu papel de ensinar, estimular, motivar…?”

Cada um tem a sua opinião sobre o tema, eu, particularmente, brinco com a minha família sem problema algum, e lá em casa sempre tem doces para quem for pedir.

dia das bruxas 3
eu (E) com dois ilustres monstrinhos visitantes

Para aqueles que nunca leram nada sobre a origem do Dia das Bruxas, sugiro a leitura, mínima, de matéria produzida pela BBC Brasil: A Origem Curiosa do Dia das Bruxas

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s