Encontre a Luz

Estou perdido em meu negro quarto,
Tateio as paredes invisíveis do meu ser
Buscando a Luz que’sta perto,
Mas que o mundo insiste em não ver.

Aflito, aperto a cruz em meu frio peito,
Logo correm gotas de quentes lágrimas
Que cessam a fúria em meu leito,
Ela que aniquilava minha fé entre chamas.

O sol está nascendo ao longe…
Agora, repouso em grande bonança
Pois sinto que a Sua doce voz me tange
Fazendo sorrir a cândida criança!

Hoje, arrependo-me de coração
De ter a Luz no quarto apagado,
E digo… não mais cessarei a oração
Pois Ele deixou em mim o amor revelado.

Surge então um sentimento de esperança,
Que todas os náufragos, perdidos, sem luz,
Possam juntos sorrir com a criança
Tangidos pelo Sol que reluz!

 

imagem: http://www.luteranos.com.br/textos/meus-deis

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s